quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Ideia para Acampamento: Labirinto de Escolhas

Esta é uma atividade espiritual bem interessante que desenvolvemos para nosso último acampamento que fizemos dia 02/11. Seu objetivo é realmente fazê-las pensar nestas situações que acontecem em seu dia a dia, e além disso, nós como líderes podemos saber em quais tópicos precisamos trabalhar mais com elas.

A atividade é um labirinto feito com barbantes entre árvores. No início, elas verão um bilhete (pode ser amarrado na primeira árvore) que colocará uma situação e, dependendo do que ela escolher (sim ou não, concordo ou discordo, etc.) a decisão indicará um lado a seguir. Se a moça acertar, ela segue em diante para um próximo bilhete com uma nova escolha. Se errar, ela deve ficar sem saída, e neste fim ter um bilhete avisando o que aconteceu, mas que ela tem a chance de voltar e continuar. Isso também trabalha o lado do arrependimento quando fazemos escolhas erradas em nossa vida.



Esta foi a atividade noturna, e cada moça foi sozinha somente com uma lanterna. Não gostaríamos que elas se influenciassem por opiniões de outras, cada uma deveria escolher sozinha o rumo a seguir. Elas paravam em cada árvore para ler as instruções, por isso é legal fazer em um bosque ou qualquer local que tenham algumas árvores espalhadas.

As situações e decisões que colocamos conversamos entre presidência e até com mais algumas pessoas, e entendemos que este é o 100%. Elas podem gerar dúvidas mesmo para nós, mas segue o roteiro. Vejam como ficou.


Escolha 1: Na missão, nosso presidente informou que podemos, em nosso dia de descanso, utilizar o computador por cerca de 1 hora, para respondermos e-mails aos familiares e verificar alguns sites relacionados a Igreja e pesquisar materiais que ajudem nossos pesquisadores. Já havia passado exatamente 1 hora quando vi que não terminei de ler um discurso da conferência geral e precisaria de mais 15 minutos para terminá-lo. Se você acha que devo continuar, siga a direita. Se você acha que devo desligar, siga para a esquerda.
Resposta: desligar o computador. Caso ela siga na direção errada, ela deve encontrar a seguinte mensagem:
Quando foi perguntado ao Presidente Tanner, que presidiu a missão Européia, qual era um dos maiores atributos de sucesso de um missionário, ele respondeu “Obediência”. Ainda que o discurso a ser lido fosse bom, ele estaria desobedecendo uma regra estipulada, ou seja, não seria excelente. E isso poderia levá-lo a outros sites e programas, e o limite cruzado mais a frente.
Apesar disso, sempre há um caminho de volta. Um arrependimento sincero e o abandono deste ato a levará ao caminho correto. Retorne ao obstáculo anterior e siga à próxima escolha.
 
Escolha 2: Tenho alguns amigos em comum da Igreja e da Escola, que quando os conheci, foram muito legais e respeitaram minhas crenças. Com o passar o do tempo, apesar de eu ter 14 anos, as conversas começaram sempre a rodar em torno do tema sexo e insinuações. Eles não fizeram mais nada além disso, íamos à festas sem bebidas e bailes, retornávamos em horário adequado para casa, mas ainda que me incomodasse às vezes, continuei a amizade forma como estava e participava desse tipo de conversa, afinal são amigos da Igreja. Se você concorda com isso, siga para a direita. Se você discorda, siga para a esquerda.
Resposta: Discordar. Caso ela siga na direção errada, ela deve encontrar a seguinte mensagem:
Lembremos que a castidade é algo sagrado. Quando este assunto começa a se tornar frequente inclusive com gestos e brincadeiras, muito cuidado. Chegará em um momento que, quando você menos perceber, as falas se tornarão ações. Ainda que os amigos sejam da nossa religião, a verdade e a retidão devem ser defendidas, e você deve ou pedir para que seus amigos deixem este assunto e as brincadeiras de lado, ou, na pior das hipóteses, deixar estes amigos. Aqueles que são verdadeiros a respeitarão e ajudarão a seguir os padrões.
Apesar disso, sempre há um caminho de volta. Um arrependimento sincero e o abandono deste ato a levará ao caminho correto. Retorne ao obstáculo anterior e siga à próxima escolha.
 
Escolha 3: Fui em um casamento e um de meus tios me pediu para segurar seu copo de whisky enquanto ele ia ao banheiro. Eu conhecia pouca gente da festa, que nem tinha idéia de que eu não bebia devido a religião. Segurei seu copo até ele retornar. Se você não vê problema em segurar o copo, siga à esquerda. Se você prefere não segurar, siga à direita.
Resposta: não segurar. Caso ela siga na direção errada, ela deve encontrar a seguinte mensagem: 
Já fomos aconselhados por alguns líderes que devemos “evitar aparências do mal”. Se o sei bispo a visse com este copo na mão, qual seria sua reação? Por mais que você explicasse e ele entendesse o fato, será que mesmo assim, não geraria uma dúvida? Então, isso não significa que você irá beber daqui pra frente, mas “um exemplo vale mais do que mil palavras”, mostre o 100% certo às pessoas.
Apesar disso, sempre há um caminho de volta. Um arrependimento sincero e o abandono deste ato a levará ao caminho correto. Retorne ao obstáculo anterior e siga à próxima escolha.
 
Escolha 4: Costumo ir ao mercado para ajudar meus pais com as compras de casa. Sempre que faço isso, sobra uma pequena quantidade em dinheiro, que pego para mim e uso para comprar algum lanche na escola ou para usar em outra despesa, afinal, esse troco não faz diferença aos meus pais. Se você usaria o troco, siga a direita. Se você decidir entregar aos pais junto com a compra, vá para a esquerda.
Resposta: entregar o troco. Caso ela siga na direção errada, ela deve encontrar a seguinte mensagem: 
Mesmo em uma ação rotineira, com as pessoas que mais temos contato, como pais e irmãos, a atitude é a mesma em todos os casos: precisamos avaliar nossa honestidade. O Para o Vigor da Juventude coloca que “quando mentimos, roubamos ou furtamos, causamos danos a nosso espírito e nos tornamos menos capazes de realizar coisas boas”.
Apesar disso, sempre há um caminho de volta. Um arrependimento sincero e o abandono deste ato a levará ao caminho correto. Retorne ao obstáculo anterior e siga à próxima escolha.
 
Escolha 5: Tenho amigos fora da Igreja que não possuem os meus padrões, mas tenho um bom relacionamento com eles. Nos encontramos, vamos à festas e registramos estes momentos, fazendo comentários na internet e postando fotos. Esta imagens refletem algumas ações diferentes de nossos padrões, como amigos bebendo ou fumando, mas como eu não faço estas coisas, ainda que esteja com eles, coloco isso na internet para todos verem nossos momentos. Se você concorda com isso, vá para a esquerda. Se discorda, vá para a direita.
Resposta: discordar. Caso ela siga na direção errada, ela deve encontrar a seguinte mensagem:
Você se sentiria bem mostrando fotos deste tipo aos seus pais ou à Jesus Cristo? Não precisamos como primeira atitude abandonar nossos amigos ou deixar de registrar momentos com eles, mas temos que cuidar do que mostramos às pessoas, isso sempre reflete parte de como nós somos, ou seja, moças valorosas, e sem dar margem a desconfiança à aqueles em nosso redor.
Apesar disso, sempre há um caminho de volta. Um arrependimento sincero e o abandono deste ato a levará ao caminho correto. Retorne ao obstáculo anterior e siga à próxima escolha.

 
Escolha 6: Precisei comprar um vestido para a festa de minha amiga. Depois de muito esforço, encontrei um vestido longo com uma manga transparente e uma parte acima dos ombros, que não marcava o corpo, que ficou ótimo. Se você compraria o vestido, siga à esquerda. Se não, siga à direita.
Resposta: não comprar.  Caso ela siga na direção errada, ela deve encontrar a seguinte mensagem:
O "Para o vigor da juventude enfatiza: "Nunca diminuam seus padrões de vestimento, qualquer que seja a ocasião". Neste caso, a transparência é perigosa, pois o livreto também nos orienta o uso de trajes que cubram os ombros, e por via das dúvidas, o melhor é não usar, ou ainda adaptar. Em uma tarde, é possível que uma costureira ou você mesma possam deixar a roupa ainda mais bonita com um tecido por baixo, barras, enfim, uma infinidade de opções. E uma moça recatada, somente pelo seu traje, mostra seu valor. O recato nunca sai de moda!
Apesar disso, sempre há um caminho de volta. Um arrependimento sincero e o abandono deste ato a levará ao caminho correto. Retorne ao obstáculo anterior e siga à próxima escolha.
 
Escolha 7: Gosto de músicas de diferentes ritmos, desde as calmas até as mais agitadas, em diferentes línguas. Não falo outro idioma, conheço algumas palavras inglês e sei que alguns ritmos músicas possuem linguagem inadequada, mas, como não entendo o que falam, acabo escutando mesmo assim. Se você acha que podemos escutar música desta forma, vá para a esquerda. Se você acha melhor não ouvir, vá para a direita.
Resposta: não ouvir. Caso ela siga na direção errada, ela deve encontrar a seguinte mensagem:
Se você já tem consciência de que esta música pode fazer mal, mesmo sem ter a certeza, siga o que é o mais seguro: desligue o som. E a dica infalível é o conselho do padrão de música do Para o Vigor da Juventude: "Prestem atenção ao que sentem quando as ouvem. Não escutem música que afaste o Espírito". Se vocês sentirem que a música está deixando você inquieta, perturbada ou irritada, saiba que ela não é boa para você, desligue na hora!
Apesar disso, sempre há um caminho de volta. Um arrependimento sincero e o abandono deste ato a levará ao caminho correto. Retorne ao obstáculo anterior e siga à próxima escolha.
 
Escolha 8: Já tenho idade para namorar conforme o padrão da Igreja. Ainda não tenho um namorado, mas conheço muitos meninos que são amigos na Igreja, que também podem namorar. Somos muito próximos e e às vezes sento junto com um amigo e ficamos de mãos dadas, e outro dia faço o mesmo com outro amigo, afinal, brincadeiras assim são divertidas e não interferem no padrão. Se você acha isso normal, siga à direita, se não, vá para a esquerda.
Resposta: não é normal. Caso ela siga na direção errada, ela deve encontrar a seguinte mensagem:
O namoro é uma forma de você conhecer outra pessoa melhor. Conhecer significa estar junto, conversar, descobrir seus interesses, sonhos, rotina, e assim isso se transformar em um relacionamento um pouco mais próximo. Isso é diferente de, a cada rapaz que você conhece você ficar de mãos dadas, apoiar-se nele ou "namorar de brincadeira". Toda amizade tem limites, e ações como estas ultrapassam a barreira.
Apesar disso, sempre há um caminho de volta. Um arrependimento sincero e o abandono deste ato a levará ao caminho correto. Retorne ao obstáculo anterior e siga à próxima escolha.

5 comentários:

  1. Olá.
    Achei muito interessante essa atividade.
    Vou copiar e colocar no blog das moças da minha ala, tudo bem? Créditos totais a vocês.
    Se quiser dê uma passadinha no nosso blog e comente.
    www.mocasparqueindustrial.blogspot.com
    beijinhos :*

    ResponderExcluir
  2. Oi Flávia!!
    Muito show essa Atividade. Gostei muito!! Parabéns pelo blog, tem muitas idéias mesmo!

    Bjs...

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo ótimo trabalho de vocês, adorei...

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo ótimo trabalho de vocês, adorei...

    ResponderExcluir
  5. Amei essa atividade, minha líder colocou no nosso acampamento, e foi muito bom chegar no final, porque lá no fim, tinha uma gravura de Jesus Cristo, era como se a gente realmente estivesse chegando a ele, perfeito *--*

    ResponderExcluir

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Ideia para Acampamento: Labirinto de Escolhas

Esta é uma atividade espiritual bem interessante que desenvolvemos para nosso último acampamento que fizemos dia 02/11. Seu objetivo é realmente fazê-las pensar nestas situações que acontecem em seu dia a dia, e além disso, nós como líderes podemos saber em quais tópicos precisamos trabalhar mais com elas.

A atividade é um labirinto feito com barbantes entre árvores. No início, elas verão um bilhete (pode ser amarrado na primeira árvore) que colocará uma situação e, dependendo do que ela escolher (sim ou não, concordo ou discordo, etc.) a decisão indicará um lado a seguir. Se a moça acertar, ela segue em diante para um próximo bilhete com uma nova escolha. Se errar, ela deve ficar sem saída, e neste fim ter um bilhete avisando o que aconteceu, mas que ela tem a chance de voltar e continuar. Isso também trabalha o lado do arrependimento quando fazemos escolhas erradas em nossa vida.



Esta foi a atividade noturna, e cada moça foi sozinha somente com uma lanterna. Não gostaríamos que elas se influenciassem por opiniões de outras, cada uma deveria escolher sozinha o rumo a seguir. Elas paravam em cada árvore para ler as instruções, por isso é legal fazer em um bosque ou qualquer local que tenham algumas árvores espalhadas.

As situações e decisões que colocamos conversamos entre presidência e até com mais algumas pessoas, e entendemos que este é o 100%. Elas podem gerar dúvidas mesmo para nós, mas segue o roteiro. Vejam como ficou.


Escolha 1: Na missão, nosso presidente informou que podemos, em nosso dia de descanso, utilizar o computador por cerca de 1 hora, para respondermos e-mails aos familiares e verificar alguns sites relacionados a Igreja e pesquisar materiais que ajudem nossos pesquisadores. Já havia passado exatamente 1 hora quando vi que não terminei de ler um discurso da conferência geral e precisaria de mais 15 minutos para terminá-lo. Se você acha que devo continuar, siga a direita. Se você acha que devo desligar, siga para a esquerda.
Resposta: desligar o computador. Caso ela siga na direção errada, ela deve encontrar a seguinte mensagem:
Quando foi perguntado ao Presidente Tanner, que presidiu a missão Européia, qual era um dos maiores atributos de sucesso de um missionário, ele respondeu “Obediência”. Ainda que o discurso a ser lido fosse bom, ele estaria desobedecendo uma regra estipulada, ou seja, não seria excelente. E isso poderia levá-lo a outros sites e programas, e o limite cruzado mais a frente.
Apesar disso, sempre há um caminho de volta. Um arrependimento sincero e o abandono deste ato a levará ao caminho correto. Retorne ao obstáculo anterior e siga à próxima escolha.
 
Escolha 2: Tenho alguns amigos em comum da Igreja e da Escola, que quando os conheci, foram muito legais e respeitaram minhas crenças. Com o passar o do tempo, apesar de eu ter 14 anos, as conversas começaram sempre a rodar em torno do tema sexo e insinuações. Eles não fizeram mais nada além disso, íamos à festas sem bebidas e bailes, retornávamos em horário adequado para casa, mas ainda que me incomodasse às vezes, continuei a amizade forma como estava e participava desse tipo de conversa, afinal são amigos da Igreja. Se você concorda com isso, siga para a direita. Se você discorda, siga para a esquerda.
Resposta: Discordar. Caso ela siga na direção errada, ela deve encontrar a seguinte mensagem:
Lembremos que a castidade é algo sagrado. Quando este assunto começa a se tornar frequente inclusive com gestos e brincadeiras, muito cuidado. Chegará em um momento que, quando você menos perceber, as falas se tornarão ações. Ainda que os amigos sejam da nossa religião, a verdade e a retidão devem ser defendidas, e você deve ou pedir para que seus amigos deixem este assunto e as brincadeiras de lado, ou, na pior das hipóteses, deixar estes amigos. Aqueles que são verdadeiros a respeitarão e ajudarão a seguir os padrões.
Apesar disso, sempre há um caminho de volta. Um arrependimento sincero e o abandono deste ato a levará ao caminho correto. Retorne ao obstáculo anterior e siga à próxima escolha.
 
Escolha 3: Fui em um casamento e um de meus tios me pediu para segurar seu copo de whisky enquanto ele ia ao banheiro. Eu conhecia pouca gente da festa, que nem tinha idéia de que eu não bebia devido a religião. Segurei seu copo até ele retornar. Se você não vê problema em segurar o copo, siga à esquerda. Se você prefere não segurar, siga à direita.
Resposta: não segurar. Caso ela siga na direção errada, ela deve encontrar a seguinte mensagem: 
Já fomos aconselhados por alguns líderes que devemos “evitar aparências do mal”. Se o sei bispo a visse com este copo na mão, qual seria sua reação? Por mais que você explicasse e ele entendesse o fato, será que mesmo assim, não geraria uma dúvida? Então, isso não significa que você irá beber daqui pra frente, mas “um exemplo vale mais do que mil palavras”, mostre o 100% certo às pessoas.
Apesar disso, sempre há um caminho de volta. Um arrependimento sincero e o abandono deste ato a levará ao caminho correto. Retorne ao obstáculo anterior e siga à próxima escolha.
 
Escolha 4: Costumo ir ao mercado para ajudar meus pais com as compras de casa. Sempre que faço isso, sobra uma pequena quantidade em dinheiro, que pego para mim e uso para comprar algum lanche na escola ou para usar em outra despesa, afinal, esse troco não faz diferença aos meus pais. Se você usaria o troco, siga a direita. Se você decidir entregar aos pais junto com a compra, vá para a esquerda.
Resposta: entregar o troco. Caso ela siga na direção errada, ela deve encontrar a seguinte mensagem: 
Mesmo em uma ação rotineira, com as pessoas que mais temos contato, como pais e irmãos, a atitude é a mesma em todos os casos: precisamos avaliar nossa honestidade. O Para o Vigor da Juventude coloca que “quando mentimos, roubamos ou furtamos, causamos danos a nosso espírito e nos tornamos menos capazes de realizar coisas boas”.
Apesar disso, sempre há um caminho de volta. Um arrependimento sincero e o abandono deste ato a levará ao caminho correto. Retorne ao obstáculo anterior e siga à próxima escolha.
 
Escolha 5: Tenho amigos fora da Igreja que não possuem os meus padrões, mas tenho um bom relacionamento com eles. Nos encontramos, vamos à festas e registramos estes momentos, fazendo comentários na internet e postando fotos. Esta imagens refletem algumas ações diferentes de nossos padrões, como amigos bebendo ou fumando, mas como eu não faço estas coisas, ainda que esteja com eles, coloco isso na internet para todos verem nossos momentos. Se você concorda com isso, vá para a esquerda. Se discorda, vá para a direita.
Resposta: discordar. Caso ela siga na direção errada, ela deve encontrar a seguinte mensagem:
Você se sentiria bem mostrando fotos deste tipo aos seus pais ou à Jesus Cristo? Não precisamos como primeira atitude abandonar nossos amigos ou deixar de registrar momentos com eles, mas temos que cuidar do que mostramos às pessoas, isso sempre reflete parte de como nós somos, ou seja, moças valorosas, e sem dar margem a desconfiança à aqueles em nosso redor.
Apesar disso, sempre há um caminho de volta. Um arrependimento sincero e o abandono deste ato a levará ao caminho correto. Retorne ao obstáculo anterior e siga à próxima escolha.

 
Escolha 6: Precisei comprar um vestido para a festa de minha amiga. Depois de muito esforço, encontrei um vestido longo com uma manga transparente e uma parte acima dos ombros, que não marcava o corpo, que ficou ótimo. Se você compraria o vestido, siga à esquerda. Se não, siga à direita.
Resposta: não comprar.  Caso ela siga na direção errada, ela deve encontrar a seguinte mensagem:
O "Para o vigor da juventude enfatiza: "Nunca diminuam seus padrões de vestimento, qualquer que seja a ocasião". Neste caso, a transparência é perigosa, pois o livreto também nos orienta o uso de trajes que cubram os ombros, e por via das dúvidas, o melhor é não usar, ou ainda adaptar. Em uma tarde, é possível que uma costureira ou você mesma possam deixar a roupa ainda mais bonita com um tecido por baixo, barras, enfim, uma infinidade de opções. E uma moça recatada, somente pelo seu traje, mostra seu valor. O recato nunca sai de moda!
Apesar disso, sempre há um caminho de volta. Um arrependimento sincero e o abandono deste ato a levará ao caminho correto. Retorne ao obstáculo anterior e siga à próxima escolha.
 
Escolha 7: Gosto de músicas de diferentes ritmos, desde as calmas até as mais agitadas, em diferentes línguas. Não falo outro idioma, conheço algumas palavras inglês e sei que alguns ritmos músicas possuem linguagem inadequada, mas, como não entendo o que falam, acabo escutando mesmo assim. Se você acha que podemos escutar música desta forma, vá para a esquerda. Se você acha melhor não ouvir, vá para a direita.
Resposta: não ouvir. Caso ela siga na direção errada, ela deve encontrar a seguinte mensagem:
Se você já tem consciência de que esta música pode fazer mal, mesmo sem ter a certeza, siga o que é o mais seguro: desligue o som. E a dica infalível é o conselho do padrão de música do Para o Vigor da Juventude: "Prestem atenção ao que sentem quando as ouvem. Não escutem música que afaste o Espírito". Se vocês sentirem que a música está deixando você inquieta, perturbada ou irritada, saiba que ela não é boa para você, desligue na hora!
Apesar disso, sempre há um caminho de volta. Um arrependimento sincero e o abandono deste ato a levará ao caminho correto. Retorne ao obstáculo anterior e siga à próxima escolha.
 
Escolha 8: Já tenho idade para namorar conforme o padrão da Igreja. Ainda não tenho um namorado, mas conheço muitos meninos que são amigos na Igreja, que também podem namorar. Somos muito próximos e e às vezes sento junto com um amigo e ficamos de mãos dadas, e outro dia faço o mesmo com outro amigo, afinal, brincadeiras assim são divertidas e não interferem no padrão. Se você acha isso normal, siga à direita, se não, vá para a esquerda.
Resposta: não é normal. Caso ela siga na direção errada, ela deve encontrar a seguinte mensagem:
O namoro é uma forma de você conhecer outra pessoa melhor. Conhecer significa estar junto, conversar, descobrir seus interesses, sonhos, rotina, e assim isso se transformar em um relacionamento um pouco mais próximo. Isso é diferente de, a cada rapaz que você conhece você ficar de mãos dadas, apoiar-se nele ou "namorar de brincadeira". Toda amizade tem limites, e ações como estas ultrapassam a barreira.
Apesar disso, sempre há um caminho de volta. Um arrependimento sincero e o abandono deste ato a levará ao caminho correto. Retorne ao obstáculo anterior e siga à próxima escolha.

5 comentários:

  1. Olá.
    Achei muito interessante essa atividade.
    Vou copiar e colocar no blog das moças da minha ala, tudo bem? Créditos totais a vocês.
    Se quiser dê uma passadinha no nosso blog e comente.
    www.mocasparqueindustrial.blogspot.com
    beijinhos :*

    ResponderExcluir
  2. Oi Flávia!!
    Muito show essa Atividade. Gostei muito!! Parabéns pelo blog, tem muitas idéias mesmo!

    Bjs...

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo ótimo trabalho de vocês, adorei...

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo ótimo trabalho de vocês, adorei...

    ResponderExcluir
  5. Amei essa atividade, minha líder colocou no nosso acampamento, e foi muito bom chegar no final, porque lá no fim, tinha uma gravura de Jesus Cristo, era como se a gente realmente estivesse chegando a ele, perfeito *--*

    ResponderExcluir