terça-feira, 22 de abril de 2014

Ideia para atividade: Quiz culinário

Esta é uma atividade rápida e bem divertida... eu fiz em uma mutual que tivemos que discutir algumas coisas antes e preferi então fazer uma atividade bem rapidinha pra dar tempo pra tudo. Mas, em uma mutual culinária ou em uma noite do pijama é uma ótima brincadeira.

Foto só pra inspirar: Sobremesa que o marido fez esses tempos!

A ideia não foi minha, mas no blog americano da Marci Combs, ela é ótima. Não usei todas as alternativas dela, mas... o Arquivo original: Aqui

É um quiz de conhecimentos culinários e tem coisas bem bacanas. No final, as repostas! Ah, inclusive consultei a internet na maior parte das alternativas pra ver se tava tudo ok mesmo! Espero que vcs gostem!

======

Você acha que sabe cozinhar?
1. O que é um tomate?
a. Uma fruta
b. Um vegetal

2. Qual é o tipo de tábua mais higiênica?
a. Plástico
b. Madeira
c. Não há diferença

3. Qual item da cozinha geralmente armazena mais bactérias?
a. Pano de prato
b. Esponja
c. Lavadora de louça
d. Pia

4. Quantas colheres de chá completam 1 colher de sopa?
a. 2
b. 4
c. 3

 5. Quantas colheres de sopa completam 1 xícara?
a. 12
b. 14
c. 16

6.Em geral, o que economiza mais água?
a. Lavar a louça na mão
b. Usar a lava-louças

7. O que você deve fazer se salgou demais uma sopa ou vegetal enquanto cozinha?
a. Colocar mais tempero tipo caldo e provar.
b. Adicionar algumas batatas e retirá-las depois de absorverem o sal.
c. Adicionar algumas pimentas.
d. Pensar em pedir uma pizza.

 8.Qual é o tipo de óleo mais saudável para cozinhar?
a. Amendoim
b. Oliva
c. Milho
d. Soja

9.Como você pode dizer que um ovo está fresco?
a. Cheirá-lo
b. Colocá-lo em um copo com água fria. Se afundar, está fresco.
c. Colocá-lo em um copo com água fria. Se boiar, está fresco.
d. Comê-lo e esperar se vai ficar doente.

10.Qual dos seguintes vegetais é menos nutritivo se comido cru?
a.Tomate
b.Pepino
c.Espinafre

11. O que é um ‘stracchino?’
a. Um tipo de massa
b. Um queijo fresco da Itália
c. Um prato italiano com vegetais

12. Qual ingrediente pode ser substituído por sour cream em uma variedade de receitas?
a. Iogurte natural
b. Queijo cottage
c. Manteiga




Respostas
1. a
2. a
3. b
4. c
5. c
6. b
7. b
8. b
9. b
10. c
11. b
12. a 

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Ideia para Mutual: Estudo de "O Cristo Vivo"

Essa mutual eu farei amanhã, conjunta, mas achei legal postar agora porque será uma mutual especial de preparação para a páscoa nesta semana.

A ideia original está no sugardoodle, é um desafio de aprendermos e compreendermos melhor esse testemunho tão especial dos apóstolos. Desse link:

http://www.sugardoodle.net/joomla/index.php?option=com_content&view=article&id=9556

Acho super legal que no original seja sugerido usar cores diferentes para marcar partes do texto. Mas como vamos fazer com todos juntos e não tenho tantos lápis para todos, adaptei e assim será feito:

Cada jovem receberá uma cópia do documento "O Cristo Vivo - Testemunho dos Apóstolos" que pode ser impressa ou comprada no templo (eu comprei, é mais bonitinho e vem 10 em um pacotem como na foto acima). No final do Progresso Pessoal tbém possui o documento. Perguntar se todos conhecem o texto, e se leram, o que se lembra do que ele fala.



Depois de escutar as opiniões, fazer um estudo aprofundado dele, da seguinte maneira, um lápis de cor para cada jovem:

Sublinhar: todos os VERBOS ou PALAVRAS DE AÇÃO que Cristo fez (foram, andou "fazendo o bem", caminhou, curou, ensinou, etc.)

Circular: Nomes que são sinônimos ou títulos de Cristo (Criador, Jeová, Redentor, etc.)

Pintar: Quaisquer frases ou palavras que se falem como Cristo foi tratado pelos seus acusadores (preso e condenado, sentenciado a morrer, etc).

Sublinhar desigualmente (como se fosse uma onda ou cobra): quaisquer outros termos que se relacionem a história de Cristo (Nascimento, Belém, Calvário, e muitos outros!)

Por fim, discutir como eles se sentiram e o que aprenderam com este testemunho especial e se isso ajudou eles a "Virem a Cristo" como sugere nosso tema da mutual este ano.

Vocês tbém pode desafiá-los a decorar o Cristo Vivo, lembrando que esta é uma sugestão de projeto de fé do Progresso Pessoal. Vocês podem tbém incentivar a fazer alguma meta relacionada ao sacramento no próximo domingo, mais especial ainda de se pensar em Cristo pela Sua Ressurreição.

Uma feliz páscoa desde já para todos, sempre com a lembrança da vida de nosso Salvador!

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Ideia para Mutual: Direito do Consumidor

Quem já teve algum problema quando comprou um produto ou serviço levanta a mão! Pois é... todo mundo acho que já passou por isso, e apesar de todos nós "termos nossos direitos" temos que saber quais eles são e fazer nossa parte tbém.

Disso, fizemos uma mutual sobre Direito do Consumidor, um assunto super instrutivo para todos. Convidei meu primo, tbém membro da Igreja e advogado, para explicar um pouco sobre como ele funciona e em quais situações podemos e devemos usar nossos deveres. Ele preparou uma pequena cartilha que está fotografada na continuação do post, mas tenho certeza que qualquer pessoa da área de Direito poderia dar uma mutual ou atividade muito bacana como essa.

Imagem: fecomerciogo

Algumas coisas legais que aprendemos:

- Antes de exigir nossos direitos, temos que fazer nossa parte. Quando compramos algo, precisamos exigir a nota fiscal para em caso de problema, termos como efetivamente mostrar que compramos o produto naquele estabelecimento e temos um argumento válido. Temos que ser honestos e não reclamar de algo que já usamos por algum tempo ou danificamos, mas é interessante entrarmos em contato nos casos aplicáveis com a empresa, porque se todos nós fizermos isso, muitos dos problemas de atendimento que temos podem acabar, como acontece em outros países que os clientes são muito bem tratados.

- É lei que todo estabelecimento comercial tenha uma cópia do CDC (Código de Defesa do Consumidor) para consulta, se não tiver ele pode ser multado. Nossa parte: saber o que tem escrito nele para usá-lo se for necessário.

- Para qualquer ação simples, deve ser acionado o Juízado Especial (antigo pequenas causas, que não existe mais esse termo). Uma pessoa pode inclusive entrar com um recurso sem um advogado no valor de até R$ 20.000 e neste juízado, com um advogado até R$ 40.000. É melhor usar um profissional, no caso eles tem mais credibilidade que nós, "simples mortais", perante um juiz, mas ainda assim é possível você mesmo entrar com uma ação.

- O que revolucionou o CDC foi o art. sexto, inciso oitavo, que declara que o consumidor possui a "inversão do ônus da prova". Em resumo, isso significa que o consumidor, tendo um problema, não possui a obrigação de provar o erro, mas sim o fornecedor possui a obrigação de provar que não está errado... e se isso não acontecer, você tem o direito de ser beneficiado... isso é usado para praticamente tudo no mundo direito do consumidor! Exemplo clássico: operadora de telefonia. Se você decide entrar com uma ação porque vc tem problemas do serviço não funcionar, ou não se atendido devidamente se precisar de um cancelamento, eles devem provar que não fizeram isso.

- Propaganda enganosa é proibida. Se você vê um preço de um produto no mercado e chega no caixa está outro, isso deve ser questionado. Foi nos falado um caso de uma bebida que estava muito mais barata que o normal e pessoa fotografou o preço. Chegou no caixa, estava bem  mais alto e quando ela questionou, um funcionário foi até a estante e trocou o preço... como ela tinha fotografado, ela se garantiu, e é direito levar o produto no preço anunciado... temos que ficar de olho! Outro ponto é que publicidade que induza a confusão, considerada abusiva, tbém não é permitida. Exemplo: vários refrigerantes com variação de preços mas com descrições não totalmente compreensíveis ao consumidor.

- Venda casada é proibida. Exemplo de venda casada clássico: poder comprar refrigerante e pipoca para comer no cinema somente na própria loja de comes e bebes do cinema. Você pode sim questionar qualquer atendente se levar seu chocolate ou pipoca de casa ou comprado em qualquer outro lugar!

- Quando você compra um produto com defeito e não sabia disso, e descobriu depois de usar uma vez, há 3 opções possíveis: troca do produto por um novo, conserto do comprado ou devolução do dinheiro. As 3 estão corretas e se você teve um problema e exige o dinheiro de volta, tome cuidado... pois as outras duas opções tbém são válidas por lei e você não pode exigir algo diferente se eles resolverem o problema com qualquer uma dessas formas.

Espero que vocês gostem, aprendemos muito e todas gostaram!
Aqui vai a cartilha:






domingo, 6 de abril de 2014

Ideia para Mutual e Projeto do Progresso Pessoal: Planejamento e Cerimonial de Eventos

Temos muitos eventos a planejar em nossa vida pessoal, na igreja, profissional - festas; aniversários; casamentos; reuniões; atividades tipo novos inícios, noite dos padrões, excelência, baile -  enfim, uma infinidade. Como fazer isso? Temos dúvidas várias vezes... e as jovens então nem se fala. Por isso, fizemos esta mutual para orientá-las sobre como organizar um evento.

Minha conselheira Juliana é formada em relações públicas, trabalha com cerimonial e preparou o material desta mutual (logo a seguir) que dá várias dicas do que são os eventos e como planejá-los.

Mas claro, pra não ficar só na teoria, desafiamos nossas jovens a então, planejar e executar um evento seguindo as dicas dadas. O evento escolhido será uma tarde de chá para as viúvas de nossa ala (temos várias em nossa unidade) com todos os detalhes: convites, decoração, mensagem/atividades, comes e bebes, orçamento, lembrancinhas... enfim, e isso será um projeto do progresso pessoal que elas cumprirão juntas, e as líderes não delegarão nada, ajudaremos com pequenos detalhes, elas estão no comando. Pode se encaixar como projeto de Boas Obras, Escolhas e Responsabilidades, Valor Individual e até mesmo Conhecimento.

Sobre eventos, em Escolhas e Responsabilidades tem a sugestão de organizar um baile, que se aplica nesse material por exemplo tbém. Mas de nosso caso, postarei o evento e a ideia toda até o fim do mês.

Só de exemplo, esse foi o chá de bebê do meu Mateus, o tema foi Cata-vento!
Eis o material da nossa mutual:

Obs. É claro que nem todos os eventos precisam de todos os tópicos a seguir, mas o material fica completo e vocês utilizam o que for aplicável no caso de vcs.

Eventos Institucionais: definição e planejamento
O evento constitui-se num tipo de reunião com objetivo específico, seja ele institucional, comunitário ou promocional. Tem como principal finalidade atrair a atenção do público, como, também, da imprensa através da divulgação.
Em geral para um evento ter pleno sucesso precisa, antes de sua realização, passar por um planejamento de Relações Públicas de forma detalhada e organizada, abrangendo todas as etapas de sua programação, desde a sua idealização até a sua conclusão.

Objetivos do Evento
Todo planejamento de eventos está intimamente relacionado aos objetivos que se deseja alcançar com a sua realização. Assim, é necessário defini-los, com precisão, a fim de que os resultados obtidos sejam os previstos.

Nome
O nome do evento deve exprimir seus objetivos e ser de fácil assimilação pelo seu público-alvo.

Público
O público-alvo deve ser bem definido, para que se tenha conhecimento do número total de convidados e de quais estratégias de comunicação devem ser adotadas.

Data, horário e local
A fixação da data do evento e do horário é de vital importância. Marcar um evento, em data/horário coincidentes com outras iniciativas da mesma natureza ou destinadas ao mesmo público/região, pode determinar o insucesso.
O êxito do evento também reside na escolha do local adequado. Por local não se entende somente o espaço físico onde será realizado o evento, mas o próprio local geográfico considerando os aspectos:
- facilidade de acesso; - condições turísticas; - infraestrutura de hospedagem e alimentação; - condição econômica dos participantes; - concentração de público-alvo.

Programação Visual
As peças promocionais utilizadas devem ter o visual bem elaborado, com ilustração e texto relacionados com os objetivos. Além disso, na criação dos materiais publicitários, deve-se levar em conta a identidade visual da instituição, aplicações de logomarca, bem como a presença de outras informações relevantes sobre a instituição promotora.

Convites
Ao planejar uma cerimônia, seja de caráter acadêmico, social, festivo ou outro, deve-se ter o cuidado de elaborar uma relação em que constem convidados direta ou indiretamente ligados ao evento e/ou de potencial público-alvo do serviço/produto a ser dada visibilidade. Os convites devem ser discretos, com texto claro e objetivo, motivando a participação dos convidados. Além disso, devem conter elementos básicos como:
- cargo, instituição da pessoa que convida; - nome do evento; - local, data, hora; - nome completo do convidado e, se for o caso, mencionar o cônjuge; - informações para contato (telefone, e-mail); - pedido de confirmação, se necessário; - tipo de traje.

Divulgação do Evento
Basicamente são utilizados jornais, revistas, rádio, televisão e internet. A divulgação de eventos deve observar os critérios – informação, precisão e correção linguística. A comunicação pode ser da seguinte forma:
- anúncios; - releases (comunicação por meio de mídia espontânea - publicação gratuita e de interesse dos veículos, na forma de notícias e reportagens sobre o evento); - outdoor; - cartazes informativos; - mala-direta; - panfletos; - ofícios; - internet.

Recursos Humanos
Na organização de qualquer evento, independente de sua dimensão, deve haver um responsável pela sua execução. Além disso, vários são os setores e pessoas envolvidas: transporte, hospedagem, vigilância, limpeza, recepção, sonorização, alimentação, cerimonial etc. Todas as tarefas devem ser executadas por pessoal qualificado, podendo, portanto, se necessário, ser terceirizado.

Transporte
Transporte urbano: Fator que assume importância relevante quando o evento se desenvolve em local afastado dos locais de hospedagem. Dessa forma, providências quanto a transportes opcionais e coletivos devem ser tomadas. Transporte aéreo: Palestrantes e autoridades geralmente requerem transporte aéreo. Nesses casos, é necessária uma meticulosa organização para reserva, troca de horários de voos, etc.

Hospedagem
Deve-se levar em conta a escolha dos hotéis, pousadas, restaurantes ou outras acomodações para os participantes. Informações sobre características dos hotéis, localização, custo das diárias, prazos e procedimentos para a confirmação de reservas devem ser previamente enviadas aos participantes, contemplando as várias opções de custo e possibilidades de deslocamento, de modo a atender à diversificação econômica desse público.

Recepção e Credenciamento
A recepção aos participantes do evento poderá ser realizada nos pontos de chegada ou no próprio local do evento. É importante ressaltar que a recepção aos participantes é o momento em que eles têm a primeira impressão sobre o evento e a entidade promotora.
Os processos de credenciamento dos participantes já inscritos, inscrições no ato e a entrega do material individualizado (pastas, caneta, folheteria) requerem uma eficiente e organizada equipe, para evitar o transtorno das grandes filas, da desinformação e o decorrente atraso no início do evento. Cabe atentar para a adequação do espaço destinado a esse serviço em relação ao público esperado: indicação clara do critério para identificação (ordem alfabética, número de inscrição), bem como para a seleção de recepcionistas e secretários bem preparados, uniformizados e com crachá de identificação.

Decoração
O local deverá ser decorado conforme o caráter do evento. Os locais poderão ser decorados com painéis, flores, banners, faixas, balões. Uma decoração/ornamentação discreta geralmente dá melhores efeitos: utilizar flores ou outros recursos em tamanho e disposição de forma a não dificultar a movimentação dos microfones e encobrir a visão das pessoas; escolher as cores para enfeitar o local, de acordo com o tipo de evento e com as da instituição; além do senso estético e a criatividade.

Materiais utilizados
Os materiais de expediente de um evento, bem como mesas, cadeiras, painéis, também devem ser pensados pela comissão organizadora. Equipamentos devem ser solicitados junto aos setores responsáveis com antecedência para evitar transtornos de última hora e/ou correr o risco de os equipamentos não estarem disponíveis. Definir o que será necessário para o evento e fazer as devidas solicitações. Assim, providenciar, por exemplo:
• Projeção (retroprojetor, telões, telas, projetores de multimídia, caneta laser);
• Sonorização (microfones, amplificadores, aparelhos de som, gravadores, mídias digitais de hinos e música para ambiente);
• Secretaria (computador, impressora, copiadora, telefones, celulares, fax, flip chart, quadro, giz e apagador);
• Outros (café, água, sucos, chá, lanches, uniformes, extintor de incêndio, gerador, palanque, palco e passarela, cabine de tradução simultânea).

Custos
Qualquer atividade a ser desenvolvida para a realização de um evento, por mais simples que seja, envolverá gastos, os quais deverão ser combinados previamente com as pessoas/setores responsáveis. A previsão de custos deve acompanhar o planejamento.

Check-List
Na organização de um evento, faz-se necessário o controle da realização do que foi planejado. Um recurso eficiente para este acompanhamento detalhado é o uso de uma lista de checagem padrão – check-list, contendo os itens básicos para a efetivação bem sucedida de uma solenidade:
Atividades Gerais
a) Dimensão do evento;
b) Determinação do local;
c) Cronograma de atividades;
d) Convites: elaboração, listagem do convidados, expedição;
e) Preparação da correspondência geral (autoridades, palestrantes, circulares);
f) Preparação da correspondência específica (departamento de trânsito, bandas municipais, departamento de energia);
g) Material aos participantes (brindes, blocos, pastas, canetas, crachás);
h) Material gráfico (fichas de inscrição, folhetos, certificados, pastas, mapas, convites, programa, folders);
i) Material para imprensa (Press-release, fotos, press-kit);
j) Hotel (reservas, serviços de informação, flores);
k) Programação visual (folders, cartazes, anúncios, pastas);
l) Serviços logísticos (transportes, passagens aéreas, hospedagem);
m) Programação social, elaboração de passeio pela cidade;
n) Verificação: reuniões, almoços e jantares, coquetéis, imprensa, sala VIP, secretaria geral, informações, atendimento médico, estacionamento, sanitários, cozinha;
o) Supervisão e operacionalização de serviços: recepção, secretaria, informações, sala VIP, tradutores, intérpretes, assessor de imprensa, operador de som, luz e projetores, limpeza, segurança e estacionamento, fotografia, filmagem, manutenção, mestre de cerimônias;
p) Solenidade: mesa para o receptivo, lista de convidados, livro de presenças, lista de confirmações, reservas de mesas, tribuna/púlpito, mastros e bandeiras, distribuição de lugares especiais, dimensionamento da mesa principal, mestre de cerimônias e roteiro para o cerimonial, hasteamento de bandeiras, hinos;
q) Outros (momentos culturais, coral, banda, orquestra, show, correio, locação de veículos, exposição);
r) Finalização: liquidar todas as pendências sobre instalações, devolução de materiais e equipamentos utilizados, certificados e comprovantes de frequência aos participantes e pessoal de apoio operacional, prestação de contas, avaliação, relatório final, ofícios ou cartas de agradecimento, arquivamento de toda correspondência recebida e expedida relacionada ao evento, álbum de fotografias, edições, clipping e anais.

Análise e Avaliação
Ao final do evento, a equipe deve reunir-se para avaliá-lo em todos os aspectos, considerando os resultados obtidos, a opinião das pessoas que compõem o grupo de trabalho e a tabulação do questionário de avaliação preenchido pelos participantes, contemplando todas as áreas da organização.

CERIMONIAL E PROTOCOLO DE EVENTOS
O Protocolo é o conjunto de regras preestabelecidas que disciplinam a organização de qualquer evento. São as normas para conduzir os atos oficiais sob as regras da diplomacia, tais como a ordem geral de precedência. Em alguns eventos, principalmente aqueles nos quais estão presentes várias autoridades municipais, estaduais, com a formação de mesa de honra, o protocolo soluciona as dúvidas de quem deverá ser chamado primeiro, quem deverá ficar ao lado de quem ou quando irá pronunciar-se.
O Cerimonial é a aplicação prática e concreta do protocolo. É a implementação de normas previamente fixadas pelo protocolo dispostas numa ordem sequencial, que envolve a ordem de precedência a ser observada, a utilização de indumentária própria e de elementos simbólicos, bem como o cumprimento de um ritual.










quarta-feira, 2 de abril de 2014

Ideias para ter uma Páscoa mais centrada em Cristo

Vi um artigo indicado pelo LDS Living (que é uma revista online de assuntos diversos relacionadas a Igreja e que indico) e achei interessante um artigo com 20 ideias para fazer a Páscoa mais centrada em Cristo. Este é o link original:


Ok, tem algumas opiniões pessoais de quem escreveu o artigo sobre a páscoa, mas gostei muito de que comentou de começarmos desde já nos prepararmos para celebrar esta Páscoa em 2014 e o que mais interessa são as ideias e selecionei e adaptei algumas delas que achei bacanas de usar com os jovens. 

Pode ser em mutuais (e tem tudo a ver com o tema do ano), incentivos de aulas do Vem, Segue-me e mesmo com metas do Progresso Pessoal para aprendermos mais sobre a Expiação e a Vida do Salvador. E dá pra começar a partir dessa Conferência Geral (por que não?).


Vamos lá:

* Faça Noites Familiares com o tema da Páscoa: No mês de abril, as noites familiares podem ser todas relacionadas a vida, sacrifício e ressurreição de Cristo. No livro de Ideias para Noites familiares (aquele antigo mesmo) tem lições para ocasiões especiais como esta.

* Faça refeições com o tema da Páscoa para sua família: Fazer refeições que nos lembrem esta ocasião. Vcs podem por exemplo fazer o jantar de páscoa do velho testamento (com pães asmos, folhas amargas, cordeiro, etc... fiz isso com os jovens ano passado e tem tudo aqui) ou mesmo ovos de páscoa em casa (lembrando que os ovos tem um significado de nascimento e vida tbém e deixar isso bem claro para o foco se manter em Cristo). Colombas pascais tbém é mais uma ideia de a família fazer junta!

* Escutem músicas relacionadas a Páscoa: Hinos sobre o Salvador e outras músicas que falam sobre Cristo são muito inspiradoras, por exemplo "O Messias" de Handel. Vocês podem ouvir no carro, no radio em casa e claro... nos Ipod's, Iphone's e todos os dispositivos móveis possíveis.

* Assistam filmes sobre o Salvador: Há uma variedade de filmes sobre Cristo. Muitos deles vendidos no templo, e tbém se aplicam as Mormon Messages que podem ser vista inclusive no you tube. Nas aulas do Vem, Segue-me há várias sugestões tbém.

* Façam projetos de serviço: servirmos como Cristo nos aproxima Dele, sem dúvidas. Ajude seus vizinhos, idosos, crianças, amigos... observe o que pode ser feito e melhore o dia de alguém com o Espírito de Páscoa!

* Estude a Expiação de Cristo nas Escrituras: Façam um estudo diário sobre este tópico. Vocês podem usar recursos simples como o Sempre Fiéis, Princípios do Evangelho, Artigos da Liahona e claro... as obras padrão. Você pode ler as escrituras indicadas neste tópico do Guia de Estudos das Escrituras (GEE)... enfim... o importante é aprender ou relembrar um pouquinho a cada dia até a Páscoa.

* Faça o sacramento ser ainda mais especial: Sabemos que é um momento especial no domingo, mas faça um esforço ainda maior para fazer deste um momento único na semana. Pense em todos os eventos desde o nascimento de Cristo, em seu ministério... preste mais atenção no hino sacramental, ore à Deus e esteja mais preparado para sentir o Espírito ao renovar seus convênios até a páscoa.

* Use as redes sociais para falar da Páscoa: Compartilhe mensagens e as crenças do evangelho focado em Cristo na páscoa, através de imagens, citações e principalmente seu testemunho.

* Presenteie um amigo com um Livro de Mórmon: Ajuda ainda mais a tirar o mito de que mórmons não são cristãos, é uma das melhores épocas para presentear alguém com um Livro de Mórmon. 

* Vá ao templo: Não há melhor lugar para sentir Jesus Cristo do que no templo... lá aprendemos sobre o Plano de Salvação que tem Cristo como grande personagem para a salvação da humanidade... e claro, estando no templo tbém estamos servindo aos nossos antepassados.

* Presenteie familiares com algo relacionado a Cristo: ao invés de apenas coelhos e ovos de páscoa, que tal dar um livro, cd ou mesmo escrever seu testemunho ou pensamentos da conferência geral... enfim algo do coração e dar para seus familiares? Podemos lembrar que esta é a verdadeira páscoa!

* Escreva em seu diário: mesmo que você não tenha um, é uma excelente época para iniciar. Escreva seus sentimentos de gratidão pelo sacrifício de Cristo, pensamentos e sentimentos que você teve ao conhecer ele mais de perto pelas sugestões acima.... preserve seu testemunho e relato para você e sua posteridade!


sábado, 29 de março de 2014

Ideias e Recursos relacionados a Conferência Geral - Abril/2014

Estamos em clima de conferência, maravilha! Eu particularmente desde a semana passada, pois tivemos conferência de estaca... mas hoje teremos a inédita sessão especial para todas as mulheres acima de 8 anos, pela primeira vez, e semana que vem as sessões de sábado e domingo.


É sempre bom nos prepararmos para esta data especial, para estarmos bem atentos e com o Espírito, e assim tbém acho bom incentivarmos as jovens nessa ocasião. Já fiz algumas postagens sobre o tema e vcs podem rever ideias no marcador "conferência geral" na barra lateral esquerda, mas vão mais alguns recursos:

* Usar a mutual desta semana para ler e discutir o artigo da última conferência de outubro/13 "Conferência Geral - Fortalecer a Fé e o Testemunho" do Élder Robert D. Hales;

* Incetivar a leitura ou dar uma cópia do artigo da Liahona deste mês de Março/14 "Não deixe de atender o telefonema" é um artigo muito bom direcionado aos jovens para que possamos assistir todas as sessões, pois não sabemos em qual delas terá uma mensagem especial e específica para cada um de nós!

* Fazer uma meta do progresso pessoal com a conferência. Eu fiz uma sugestão aqui no ano passado, mas acho que vale se comprometer no antes, durante e depois ao se preparar com oração e estudo, assistir atentamente e fazer anotações de suas impressões e sentimentos e fazer uma meta de algo que aprendeu durante a conferência e tentar melhorar nisso até a próxima ocasião.

Que possamos todos nós aprender e aproveitar a conferência geral!

quarta-feira, 26 de março de 2014

Ideia para Mutual: Dinâmica sobre Fé (Seguidor e Guia)

Ontem fizemos uma mutual sobre fé com uma dinâmica sugerida no novo site de atividades da Igreja. Foi bem bacana e interessante, e tivemos ótimas considerações e perguntas até o fim da atividade.

Considerando que estamos no tema do mês de março sobre Expiação e Jesus Cristo, usamos a base de um dos esboço sobre "O que significa ter Fé em Jesus Cristo" e começamos a atividade lendo a primeira parte do tópico Fé no Sempre Fiéis (Pg 86). Este tópico fala que a fé é um princípio de ação e que ter fé em Jesus Cristo significa "Confiar Nele completamente".

Comentando a questão sobre confiança, fizemos a dinâmica "Seguidor e Guia"sugerida no site neste link:

https://www.lds.org/youth/activities/communication-and-relationships/leadership-skills/follower-and-guide?lang=por

Fiz um pequeno percurso com as próprias cadeiras da capela e um obstáculo no meio que deveria ser pulado. Formamos duplas com as jovens, e colocamos uma venda na que seria a seguidora, e para as guias, explicamos que elas deveriam, apenas falando, guiar as jovens vendadas para completar o percurso em segurança.




Foi bem interessante, algumas ficaram mais receosas, outras foram mais corajosas e confiaram totalmente na guia. No fim da experiência, fizemos algumas perguntas como:

- Como vocês se sentiram estando vendadas? Vocês sabiam o que teriam que percorrer? Sentiram-se seguras por ter alguém guiando vcs, mesmo sem saber o que teriam pela frente?
- Vocês guias sabiam exatamente o que aconteceria? Como puderam ajudar as seguidoras vendo todo o percurso?

Com isso, pudemos falar que o Pai Celestial sabe de todas as coisas, e por isso temos que ter fé em Seu Filho Jesus Cristo, porque mesmo sem  nós sabermos o que teremos futuramente em nossas vidas, ele sabe e pode nos ajudar e dar forças para encarar os desafios da vida.

Encerrarmos lendo mais uma parte na continuação do tópico fé do Sempre Fiéis, a parte "Viver pela Fé", e enfatizamos a última frase do parágrafo que diz "Mesmo quando o futuro parece incerto, nossa fé em Jesus Cristo pode dar-nos paz".

É uma mutual simples, mas divertida com um ótimo significado. Acho que a dinâmica tbém se encaixa muito bem quando se fala de Liderança (Líder e Liderado) e tbém sobre o Espírito Santo (quando Ele é um guia em nossa vida).

sexta-feira, 14 de março de 2014

Ideia para Mutual: Como recepcionar melhor novas moças

Quando alguém "novo" vem para nossa classe - isso inclui visitante, membros inativos, recém-conversos e inclusive moças que se mudam para uma outra ala -  sabemos que devemos fazer com que esta pessoa se sinta o mais confortável e bem-vinda possível. Mas... nem sempre as coisas são assim. Às vezes essa pessoa é julgada pela roupa, por seu histórico, etc. mesmo antes de ser conhecida (e atire a primeira pedra quem nunca fez isso) e às vezes é por puro desconhecimento dos jovens e/ou líderes do que fazer para receber alguém.



Como estamos passando por algumas situações dessas atualmente, decidimos fazer uma mutual com este tópico, para deixar preconceitos e a vergonha de lado e saber o que fazer de melhor para que qualquer moça que visite nossa classe se sinta feliz e com o desejo de sempre estar com a gente. A mutual foi da seguinte forma:

01. Debatemos as seguintes perguntas: "Você já foi em outra ala ou mesmo em uma classe diferente da escola?" / "Como você sentiu em um local em que você não conhecia ninguém ou quase ninguém?"

02. Lemos e comentamos trechos do discurso do Presidente Eyring "Verdadeiros Amigos" - https://www.lds.org/liahona/2002/07/12?lang=por - que explica a importância de sermos bons amigos no evangelho. Lemos uma citação e 4 aspectos selecionados:

É a promessa simples que fizemos nas águas do batismo de “(…) carregar os fardos uns dos outros (…)” 3 Isso é ser um amigo. Essas palavras do Presidente Hinckley instilam-me energia: “(…)Espero, oro, suplico a vocês, a cada um de vocês, a adotar cada novo membro da Igreja. Tornem-se seus amigos. Apeguem-se a eles”.

Em primeiro lugar, precisamos amá-los. É isso que o Salvador faz. Podemos fazê-lo com Ele e por Ele. Ele mostrou-nos o caminho em seu ministério mortal. Ensinou por preceito e exemplo que devemos amar Seus discípulos.

Segundo, precisamos ouvir aos membros novos com compreensão e empatia. Isso também exige dons espirituais, já que nossas experiências raramente poderão se comparar às deles. 

Terceiro, precisamos ser exemplos para o novo membro. Podemos banquetear-nos nas palavras de Deus. Podemos pedir e viver para merecer a companhia do Espírito Santo. Podemos ser obedientes devido à nossa fé em Jesus Cristo. E podemos tornar-nos exemplo de um discípulo que nasceu de novo por meio da Expiação. Isso acontecerá gradualmente. 

Quarto, precisamos prestar testemunho da verdade ao membro novo. Deve ser sincero e será melhor se for simples. Ajudará mais quando for sobre a realidade e a missão do Salvador, sobre o amor de nosso Pai Celestial e dos dons e da companhia do Espírito Santo.

03. Depois de conhecer estes 4 aspectos, lemos uma pequena sessão do livro "Ensino Não há Maior Chamado" entitulada "Ajudar os Membros Novos e Menos Ativos" - Pg. 37 - que fala como o professor e os alunos podem ajudar estas pessoas, baseada nos 3 conselhos do Presidente Hinckley de que todo membro precisa de um bom amigo, uma responsabilidade e ser nutrido pela palavra de Deus.

A página que usei tbém se encontra neste link:

04. Encerramos fazendo uma simulação de uma classe das moças de um domingo, sendo que uma das líderes representou uma nova moça que veio a Igreja. As meninas colocaram em prática o que aprenderam explicando conceitos, ajudando com o hinário, chamando para sentar-se próxima delas, conversando no fim da reunião e até pegar o contato do facebook para se conhecerem mais, foi bem bacana. 

A atividade foi finalizada com este vídeo, muito bacana, que mostra como a influência dos amigos pode trazer muitas pessoas para a Igreja.


Para quem quiser mais referências, tem um esboço do Vem, Segue-me de Dezembro que me ajudou a preparar a atividade:

quinta-feira, 6 de março de 2014

Ideia para Mutual: Administração da Igreja

Vcs já pensaram em como a Igreja é organizada e estruturada para atender diferentes necessidades em todo o mundo? Por isso, pesquisei algumas áreas e fizemos uma mutual para explicar um pouco sobre a Administração da Igreja, com o objetivo de mostrar aos jovens um pouco mais sobre como a Igreja é uma grande organização preocupada de tantas formas possíveis para o bem estar de muita gente.

Dividimos em 2 partes:

01. Organização da Liderança: Discutimos o tópico de Administração da Igreja no Sempre Fíéis e aprendemos como a Igreja é estruturada em sua liderança desde a Primeira Presidência até aos bispos (isso inclui setentas, presidentes de missão, presidentes de estaca, etc.) O material é o deste link:

https://www.lds.org/topics/church-administration?lang=por

02. Áreas de atuação: A segunda parte foi o que estes líderes chamados para servir são responsáveis e quais são algumas das áreas de atuação que a Igreja trabalha (são inúmeras, devem existir mais, porém pesquisei apenas algumas). Assim, mostrei alguns sites (alguns apenas estão inglês, mas dá pra mostrar bem) e quais recursos existem. Eis o material e um breve resumo:

Escritório da Igreja em Salt Lake City

Centros humanitários (Caridade/Projetos): A Igreja possui inúmeros programas de auxílio humanitário que, além dos nossos projetos mãos que ajudam por exemplo, que envolve lideranças e governos locais para realizar as ações voluntárias, oferece outros tipos de auxílio como treinamento para ressucitação neo-natal, doação de cadeiras de rodas, montagem e preparação de kits de alimentos e itens de necessidade básica para desastres naturais (incluindo a gestão do armazém para estocar os itens), entre outros.

http://www.lds.org/topics/humanitarian-service/center

Centros de visitantes e sítios históricos: A Igreja é bastante preocupada com a preservação de sua história, incluindo locais de importância histórica. Lá há muitas pessoas que trabalham na preservação, manutenção e como guia de locais importantes, como a Praça do Templo, Centros de Visitantes em Templos, o Bosque Sagrado, entre outros.
http://www.lds.org/locations/salt-lake-city-temple-square?lang=eng

Indústrias Deseret: A Deseret Industries é uma grande produção que a Igreja possui para o auxílio humanitário. Isso inclui arrecadação de roupas para higienização e venda por valores mais baixos ao público, e também transformação de itens que não estão em bom estado em cobertores, mantas, etc. Acredito que eles tbém produzem aquele alimento nutritivo para países com problemas de desnutrição.

Imprensa: Há muitos profissionais da Igreja que trabalham como fotógrafos, escritores, tradutores, transmissões e enfim... isso proporciona conhecimento das notícias e mensagens para todo o mundo.

http://www.saladeimprensamormon.org.br/

Emprego e Educação: O SRE já conhecido de muitos que procuram empregos ou querem oferecer vagas, assim há voluntários e responsáveis que ministram cursos e direcionam profissionalmente membros e não membros. Também há grande preocupação nos estudos onde a Igreja administra as oportunidades daqueles que utilizam o fundo perpétuo, além de Universidades da Igreja (como a BYU) e colégios para instrução de jovens da sociedade.


https://www.ldsjobs.org/ers/ct/?lang=por

Missões: Há tantas oportunidades missionárias que é muito legal saber no que as pessoas trabalham. Além das missões de tempo integral de proselitismo, há muitas oportunidades, especialmente para casais seniores, para ajudar ao redor do mundo. Do link abaixo, descobri algumas oportunidades para exemplificar.

- SEI;
- SRE;
- História da Família;
- Response Team (Feedback de Mensagens das Redes Sociais);
- Saúde (Médicos, Psicólogos, Dentistas, etc.);
- Centros Culturais (guias para tours de locais históricoss);
- Escritórios de Missão;
- Apresentações Culturais;
- Oficiantes para templos;
- Biblioteca da Igreja;
- Música;
- Marketing e Assuntos Públicos;
- Recursos Naturais (captação de petróleo, água e gás em áreas inacessíveis atualmente);
- Intérpretes;
- Veterinários;
- Manutenção de edifícios e carpintaria.

Achei super interessante e aprendi muito! Espero que vcs gostem!

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Ideia para mutual: Bolo missionário!

Pensando em como poderíamos envolver mais as jovens no trabalho missionário e/ou de reativação, tivemos a ideia de fazer uma mutual com propósito de obra missionária. Seria aniversário de uma de nossas moças inativas e decidimos então fazer na mutual um bolo para entregar para ela.

Decidimos fazer um bolo com coco, que sabíamos que ela gostava bastante, então bolo foi de chocolate, com recheio de beijinho, cobertura de brigadeiro com coco ralado por cima e bis para a lateral. Eis o resultado (maravilhoso, não acham?)



Único porém: vcs vão ficar com vontade de comer bolo tbém, rsrsrs... se puderem fazer 2, aí fica melhor.

Entregamos o bolo no dia seguinte, e nossa presidente de classes foi junto comigo levar o presente... foi bem bacana ver o envolvimento de todas, fazer a mutual com um propósito especial, além de mutuais culinárias serem deliciosas! Que tal fazer um bolo de aniversário para uma ocasião assim?

Fica a dica!

terça-feira, 22 de abril de 2014

Ideia para atividade: Quiz culinário

Esta é uma atividade rápida e bem divertida... eu fiz em uma mutual que tivemos que discutir algumas coisas antes e preferi então fazer uma atividade bem rapidinha pra dar tempo pra tudo. Mas, em uma mutual culinária ou em uma noite do pijama é uma ótima brincadeira.

Foto só pra inspirar: Sobremesa que o marido fez esses tempos!

A ideia não foi minha, mas no blog americano da Marci Combs, ela é ótima. Não usei todas as alternativas dela, mas... o Arquivo original: Aqui

É um quiz de conhecimentos culinários e tem coisas bem bacanas. No final, as repostas! Ah, inclusive consultei a internet na maior parte das alternativas pra ver se tava tudo ok mesmo! Espero que vcs gostem!

======

Você acha que sabe cozinhar?
1. O que é um tomate?
a. Uma fruta
b. Um vegetal

2. Qual é o tipo de tábua mais higiênica?
a. Plástico
b. Madeira
c. Não há diferença

3. Qual item da cozinha geralmente armazena mais bactérias?
a. Pano de prato
b. Esponja
c. Lavadora de louça
d. Pia

4. Quantas colheres de chá completam 1 colher de sopa?
a. 2
b. 4
c. 3

 5. Quantas colheres de sopa completam 1 xícara?
a. 12
b. 14
c. 16

6.Em geral, o que economiza mais água?
a. Lavar a louça na mão
b. Usar a lava-louças

7. O que você deve fazer se salgou demais uma sopa ou vegetal enquanto cozinha?
a. Colocar mais tempero tipo caldo e provar.
b. Adicionar algumas batatas e retirá-las depois de absorverem o sal.
c. Adicionar algumas pimentas.
d. Pensar em pedir uma pizza.

 8.Qual é o tipo de óleo mais saudável para cozinhar?
a. Amendoim
b. Oliva
c. Milho
d. Soja

9.Como você pode dizer que um ovo está fresco?
a. Cheirá-lo
b. Colocá-lo em um copo com água fria. Se afundar, está fresco.
c. Colocá-lo em um copo com água fria. Se boiar, está fresco.
d. Comê-lo e esperar se vai ficar doente.

10.Qual dos seguintes vegetais é menos nutritivo se comido cru?
a.Tomate
b.Pepino
c.Espinafre

11. O que é um ‘stracchino?’
a. Um tipo de massa
b. Um queijo fresco da Itália
c. Um prato italiano com vegetais

12. Qual ingrediente pode ser substituído por sour cream em uma variedade de receitas?
a. Iogurte natural
b. Queijo cottage
c. Manteiga




Respostas
1. a
2. a
3. b
4. c
5. c
6. b
7. b
8. b
9. b
10. c
11. b
12. a 

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Ideia para Mutual: Estudo de "O Cristo Vivo"

Essa mutual eu farei amanhã, conjunta, mas achei legal postar agora porque será uma mutual especial de preparação para a páscoa nesta semana.

A ideia original está no sugardoodle, é um desafio de aprendermos e compreendermos melhor esse testemunho tão especial dos apóstolos. Desse link:

http://www.sugardoodle.net/joomla/index.php?option=com_content&view=article&id=9556

Acho super legal que no original seja sugerido usar cores diferentes para marcar partes do texto. Mas como vamos fazer com todos juntos e não tenho tantos lápis para todos, adaptei e assim será feito:

Cada jovem receberá uma cópia do documento "O Cristo Vivo - Testemunho dos Apóstolos" que pode ser impressa ou comprada no templo (eu comprei, é mais bonitinho e vem 10 em um pacotem como na foto acima). No final do Progresso Pessoal tbém possui o documento. Perguntar se todos conhecem o texto, e se leram, o que se lembra do que ele fala.



Depois de escutar as opiniões, fazer um estudo aprofundado dele, da seguinte maneira, um lápis de cor para cada jovem:

Sublinhar: todos os VERBOS ou PALAVRAS DE AÇÃO que Cristo fez (foram, andou "fazendo o bem", caminhou, curou, ensinou, etc.)

Circular: Nomes que são sinônimos ou títulos de Cristo (Criador, Jeová, Redentor, etc.)

Pintar: Quaisquer frases ou palavras que se falem como Cristo foi tratado pelos seus acusadores (preso e condenado, sentenciado a morrer, etc).

Sublinhar desigualmente (como se fosse uma onda ou cobra): quaisquer outros termos que se relacionem a história de Cristo (Nascimento, Belém, Calvário, e muitos outros!)

Por fim, discutir como eles se sentiram e o que aprenderam com este testemunho especial e se isso ajudou eles a "Virem a Cristo" como sugere nosso tema da mutual este ano.

Vocês tbém pode desafiá-los a decorar o Cristo Vivo, lembrando que esta é uma sugestão de projeto de fé do Progresso Pessoal. Vocês podem tbém incentivar a fazer alguma meta relacionada ao sacramento no próximo domingo, mais especial ainda de se pensar em Cristo pela Sua Ressurreição.

Uma feliz páscoa desde já para todos, sempre com a lembrança da vida de nosso Salvador!

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Ideia para Mutual: Direito do Consumidor

Quem já teve algum problema quando comprou um produto ou serviço levanta a mão! Pois é... todo mundo acho que já passou por isso, e apesar de todos nós "termos nossos direitos" temos que saber quais eles são e fazer nossa parte tbém.

Disso, fizemos uma mutual sobre Direito do Consumidor, um assunto super instrutivo para todos. Convidei meu primo, tbém membro da Igreja e advogado, para explicar um pouco sobre como ele funciona e em quais situações podemos e devemos usar nossos deveres. Ele preparou uma pequena cartilha que está fotografada na continuação do post, mas tenho certeza que qualquer pessoa da área de Direito poderia dar uma mutual ou atividade muito bacana como essa.

Imagem: fecomerciogo

Algumas coisas legais que aprendemos:

- Antes de exigir nossos direitos, temos que fazer nossa parte. Quando compramos algo, precisamos exigir a nota fiscal para em caso de problema, termos como efetivamente mostrar que compramos o produto naquele estabelecimento e temos um argumento válido. Temos que ser honestos e não reclamar de algo que já usamos por algum tempo ou danificamos, mas é interessante entrarmos em contato nos casos aplicáveis com a empresa, porque se todos nós fizermos isso, muitos dos problemas de atendimento que temos podem acabar, como acontece em outros países que os clientes são muito bem tratados.

- É lei que todo estabelecimento comercial tenha uma cópia do CDC (Código de Defesa do Consumidor) para consulta, se não tiver ele pode ser multado. Nossa parte: saber o que tem escrito nele para usá-lo se for necessário.

- Para qualquer ação simples, deve ser acionado o Juízado Especial (antigo pequenas causas, que não existe mais esse termo). Uma pessoa pode inclusive entrar com um recurso sem um advogado no valor de até R$ 20.000 e neste juízado, com um advogado até R$ 40.000. É melhor usar um profissional, no caso eles tem mais credibilidade que nós, "simples mortais", perante um juiz, mas ainda assim é possível você mesmo entrar com uma ação.

- O que revolucionou o CDC foi o art. sexto, inciso oitavo, que declara que o consumidor possui a "inversão do ônus da prova". Em resumo, isso significa que o consumidor, tendo um problema, não possui a obrigação de provar o erro, mas sim o fornecedor possui a obrigação de provar que não está errado... e se isso não acontecer, você tem o direito de ser beneficiado... isso é usado para praticamente tudo no mundo direito do consumidor! Exemplo clássico: operadora de telefonia. Se você decide entrar com uma ação porque vc tem problemas do serviço não funcionar, ou não se atendido devidamente se precisar de um cancelamento, eles devem provar que não fizeram isso.

- Propaganda enganosa é proibida. Se você vê um preço de um produto no mercado e chega no caixa está outro, isso deve ser questionado. Foi nos falado um caso de uma bebida que estava muito mais barata que o normal e pessoa fotografou o preço. Chegou no caixa, estava bem  mais alto e quando ela questionou, um funcionário foi até a estante e trocou o preço... como ela tinha fotografado, ela se garantiu, e é direito levar o produto no preço anunciado... temos que ficar de olho! Outro ponto é que publicidade que induza a confusão, considerada abusiva, tbém não é permitida. Exemplo: vários refrigerantes com variação de preços mas com descrições não totalmente compreensíveis ao consumidor.

- Venda casada é proibida. Exemplo de venda casada clássico: poder comprar refrigerante e pipoca para comer no cinema somente na própria loja de comes e bebes do cinema. Você pode sim questionar qualquer atendente se levar seu chocolate ou pipoca de casa ou comprado em qualquer outro lugar!

- Quando você compra um produto com defeito e não sabia disso, e descobriu depois de usar uma vez, há 3 opções possíveis: troca do produto por um novo, conserto do comprado ou devolução do dinheiro. As 3 estão corretas e se você teve um problema e exige o dinheiro de volta, tome cuidado... pois as outras duas opções tbém são válidas por lei e você não pode exigir algo diferente se eles resolverem o problema com qualquer uma dessas formas.

Espero que vocês gostem, aprendemos muito e todas gostaram!
Aqui vai a cartilha:






domingo, 6 de abril de 2014

Ideia para Mutual e Projeto do Progresso Pessoal: Planejamento e Cerimonial de Eventos

Temos muitos eventos a planejar em nossa vida pessoal, na igreja, profissional - festas; aniversários; casamentos; reuniões; atividades tipo novos inícios, noite dos padrões, excelência, baile -  enfim, uma infinidade. Como fazer isso? Temos dúvidas várias vezes... e as jovens então nem se fala. Por isso, fizemos esta mutual para orientá-las sobre como organizar um evento.

Minha conselheira Juliana é formada em relações públicas, trabalha com cerimonial e preparou o material desta mutual (logo a seguir) que dá várias dicas do que são os eventos e como planejá-los.

Mas claro, pra não ficar só na teoria, desafiamos nossas jovens a então, planejar e executar um evento seguindo as dicas dadas. O evento escolhido será uma tarde de chá para as viúvas de nossa ala (temos várias em nossa unidade) com todos os detalhes: convites, decoração, mensagem/atividades, comes e bebes, orçamento, lembrancinhas... enfim, e isso será um projeto do progresso pessoal que elas cumprirão juntas, e as líderes não delegarão nada, ajudaremos com pequenos detalhes, elas estão no comando. Pode se encaixar como projeto de Boas Obras, Escolhas e Responsabilidades, Valor Individual e até mesmo Conhecimento.

Sobre eventos, em Escolhas e Responsabilidades tem a sugestão de organizar um baile, que se aplica nesse material por exemplo tbém. Mas de nosso caso, postarei o evento e a ideia toda até o fim do mês.

Só de exemplo, esse foi o chá de bebê do meu Mateus, o tema foi Cata-vento!
Eis o material da nossa mutual:

Obs. É claro que nem todos os eventos precisam de todos os tópicos a seguir, mas o material fica completo e vocês utilizam o que for aplicável no caso de vcs.

Eventos Institucionais: definição e planejamento
O evento constitui-se num tipo de reunião com objetivo específico, seja ele institucional, comunitário ou promocional. Tem como principal finalidade atrair a atenção do público, como, também, da imprensa através da divulgação.
Em geral para um evento ter pleno sucesso precisa, antes de sua realização, passar por um planejamento de Relações Públicas de forma detalhada e organizada, abrangendo todas as etapas de sua programação, desde a sua idealização até a sua conclusão.

Objetivos do Evento
Todo planejamento de eventos está intimamente relacionado aos objetivos que se deseja alcançar com a sua realização. Assim, é necessário defini-los, com precisão, a fim de que os resultados obtidos sejam os previstos.

Nome
O nome do evento deve exprimir seus objetivos e ser de fácil assimilação pelo seu público-alvo.

Público
O público-alvo deve ser bem definido, para que se tenha conhecimento do número total de convidados e de quais estratégias de comunicação devem ser adotadas.

Data, horário e local
A fixação da data do evento e do horário é de vital importância. Marcar um evento, em data/horário coincidentes com outras iniciativas da mesma natureza ou destinadas ao mesmo público/região, pode determinar o insucesso.
O êxito do evento também reside na escolha do local adequado. Por local não se entende somente o espaço físico onde será realizado o evento, mas o próprio local geográfico considerando os aspectos:
- facilidade de acesso; - condições turísticas; - infraestrutura de hospedagem e alimentação; - condição econômica dos participantes; - concentração de público-alvo.

Programação Visual
As peças promocionais utilizadas devem ter o visual bem elaborado, com ilustração e texto relacionados com os objetivos. Além disso, na criação dos materiais publicitários, deve-se levar em conta a identidade visual da instituição, aplicações de logomarca, bem como a presença de outras informações relevantes sobre a instituição promotora.

Convites
Ao planejar uma cerimônia, seja de caráter acadêmico, social, festivo ou outro, deve-se ter o cuidado de elaborar uma relação em que constem convidados direta ou indiretamente ligados ao evento e/ou de potencial público-alvo do serviço/produto a ser dada visibilidade. Os convites devem ser discretos, com texto claro e objetivo, motivando a participação dos convidados. Além disso, devem conter elementos básicos como:
- cargo, instituição da pessoa que convida; - nome do evento; - local, data, hora; - nome completo do convidado e, se for o caso, mencionar o cônjuge; - informações para contato (telefone, e-mail); - pedido de confirmação, se necessário; - tipo de traje.

Divulgação do Evento
Basicamente são utilizados jornais, revistas, rádio, televisão e internet. A divulgação de eventos deve observar os critérios – informação, precisão e correção linguística. A comunicação pode ser da seguinte forma:
- anúncios; - releases (comunicação por meio de mídia espontânea - publicação gratuita e de interesse dos veículos, na forma de notícias e reportagens sobre o evento); - outdoor; - cartazes informativos; - mala-direta; - panfletos; - ofícios; - internet.

Recursos Humanos
Na organização de qualquer evento, independente de sua dimensão, deve haver um responsável pela sua execução. Além disso, vários são os setores e pessoas envolvidas: transporte, hospedagem, vigilância, limpeza, recepção, sonorização, alimentação, cerimonial etc. Todas as tarefas devem ser executadas por pessoal qualificado, podendo, portanto, se necessário, ser terceirizado.

Transporte
Transporte urbano: Fator que assume importância relevante quando o evento se desenvolve em local afastado dos locais de hospedagem. Dessa forma, providências quanto a transportes opcionais e coletivos devem ser tomadas. Transporte aéreo: Palestrantes e autoridades geralmente requerem transporte aéreo. Nesses casos, é necessária uma meticulosa organização para reserva, troca de horários de voos, etc.

Hospedagem
Deve-se levar em conta a escolha dos hotéis, pousadas, restaurantes ou outras acomodações para os participantes. Informações sobre características dos hotéis, localização, custo das diárias, prazos e procedimentos para a confirmação de reservas devem ser previamente enviadas aos participantes, contemplando as várias opções de custo e possibilidades de deslocamento, de modo a atender à diversificação econômica desse público.

Recepção e Credenciamento
A recepção aos participantes do evento poderá ser realizada nos pontos de chegada ou no próprio local do evento. É importante ressaltar que a recepção aos participantes é o momento em que eles têm a primeira impressão sobre o evento e a entidade promotora.
Os processos de credenciamento dos participantes já inscritos, inscrições no ato e a entrega do material individualizado (pastas, caneta, folheteria) requerem uma eficiente e organizada equipe, para evitar o transtorno das grandes filas, da desinformação e o decorrente atraso no início do evento. Cabe atentar para a adequação do espaço destinado a esse serviço em relação ao público esperado: indicação clara do critério para identificação (ordem alfabética, número de inscrição), bem como para a seleção de recepcionistas e secretários bem preparados, uniformizados e com crachá de identificação.

Decoração
O local deverá ser decorado conforme o caráter do evento. Os locais poderão ser decorados com painéis, flores, banners, faixas, balões. Uma decoração/ornamentação discreta geralmente dá melhores efeitos: utilizar flores ou outros recursos em tamanho e disposição de forma a não dificultar a movimentação dos microfones e encobrir a visão das pessoas; escolher as cores para enfeitar o local, de acordo com o tipo de evento e com as da instituição; além do senso estético e a criatividade.

Materiais utilizados
Os materiais de expediente de um evento, bem como mesas, cadeiras, painéis, também devem ser pensados pela comissão organizadora. Equipamentos devem ser solicitados junto aos setores responsáveis com antecedência para evitar transtornos de última hora e/ou correr o risco de os equipamentos não estarem disponíveis. Definir o que será necessário para o evento e fazer as devidas solicitações. Assim, providenciar, por exemplo:
• Projeção (retroprojetor, telões, telas, projetores de multimídia, caneta laser);
• Sonorização (microfones, amplificadores, aparelhos de som, gravadores, mídias digitais de hinos e música para ambiente);
• Secretaria (computador, impressora, copiadora, telefones, celulares, fax, flip chart, quadro, giz e apagador);
• Outros (café, água, sucos, chá, lanches, uniformes, extintor de incêndio, gerador, palanque, palco e passarela, cabine de tradução simultânea).

Custos
Qualquer atividade a ser desenvolvida para a realização de um evento, por mais simples que seja, envolverá gastos, os quais deverão ser combinados previamente com as pessoas/setores responsáveis. A previsão de custos deve acompanhar o planejamento.

Check-List
Na organização de um evento, faz-se necessário o controle da realização do que foi planejado. Um recurso eficiente para este acompanhamento detalhado é o uso de uma lista de checagem padrão – check-list, contendo os itens básicos para a efetivação bem sucedida de uma solenidade:
Atividades Gerais
a) Dimensão do evento;
b) Determinação do local;
c) Cronograma de atividades;
d) Convites: elaboração, listagem do convidados, expedição;
e) Preparação da correspondência geral (autoridades, palestrantes, circulares);
f) Preparação da correspondência específica (departamento de trânsito, bandas municipais, departamento de energia);
g) Material aos participantes (brindes, blocos, pastas, canetas, crachás);
h) Material gráfico (fichas de inscrição, folhetos, certificados, pastas, mapas, convites, programa, folders);
i) Material para imprensa (Press-release, fotos, press-kit);
j) Hotel (reservas, serviços de informação, flores);
k) Programação visual (folders, cartazes, anúncios, pastas);
l) Serviços logísticos (transportes, passagens aéreas, hospedagem);
m) Programação social, elaboração de passeio pela cidade;
n) Verificação: reuniões, almoços e jantares, coquetéis, imprensa, sala VIP, secretaria geral, informações, atendimento médico, estacionamento, sanitários, cozinha;
o) Supervisão e operacionalização de serviços: recepção, secretaria, informações, sala VIP, tradutores, intérpretes, assessor de imprensa, operador de som, luz e projetores, limpeza, segurança e estacionamento, fotografia, filmagem, manutenção, mestre de cerimônias;
p) Solenidade: mesa para o receptivo, lista de convidados, livro de presenças, lista de confirmações, reservas de mesas, tribuna/púlpito, mastros e bandeiras, distribuição de lugares especiais, dimensionamento da mesa principal, mestre de cerimônias e roteiro para o cerimonial, hasteamento de bandeiras, hinos;
q) Outros (momentos culturais, coral, banda, orquestra, show, correio, locação de veículos, exposição);
r) Finalização: liquidar todas as pendências sobre instalações, devolução de materiais e equipamentos utilizados, certificados e comprovantes de frequência aos participantes e pessoal de apoio operacional, prestação de contas, avaliação, relatório final, ofícios ou cartas de agradecimento, arquivamento de toda correspondência recebida e expedida relacionada ao evento, álbum de fotografias, edições, clipping e anais.

Análise e Avaliação
Ao final do evento, a equipe deve reunir-se para avaliá-lo em todos os aspectos, considerando os resultados obtidos, a opinião das pessoas que compõem o grupo de trabalho e a tabulação do questionário de avaliação preenchido pelos participantes, contemplando todas as áreas da organização.

CERIMONIAL E PROTOCOLO DE EVENTOS
O Protocolo é o conjunto de regras preestabelecidas que disciplinam a organização de qualquer evento. São as normas para conduzir os atos oficiais sob as regras da diplomacia, tais como a ordem geral de precedência. Em alguns eventos, principalmente aqueles nos quais estão presentes várias autoridades municipais, estaduais, com a formação de mesa de honra, o protocolo soluciona as dúvidas de quem deverá ser chamado primeiro, quem deverá ficar ao lado de quem ou quando irá pronunciar-se.
O Cerimonial é a aplicação prática e concreta do protocolo. É a implementação de normas previamente fixadas pelo protocolo dispostas numa ordem sequencial, que envolve a ordem de precedência a ser observada, a utilização de indumentária própria e de elementos simbólicos, bem como o cumprimento de um ritual.










quarta-feira, 2 de abril de 2014

Ideias para ter uma Páscoa mais centrada em Cristo

Vi um artigo indicado pelo LDS Living (que é uma revista online de assuntos diversos relacionadas a Igreja e que indico) e achei interessante um artigo com 20 ideias para fazer a Páscoa mais centrada em Cristo. Este é o link original:


Ok, tem algumas opiniões pessoais de quem escreveu o artigo sobre a páscoa, mas gostei muito de que comentou de começarmos desde já nos prepararmos para celebrar esta Páscoa em 2014 e o que mais interessa são as ideias e selecionei e adaptei algumas delas que achei bacanas de usar com os jovens. 

Pode ser em mutuais (e tem tudo a ver com o tema do ano), incentivos de aulas do Vem, Segue-me e mesmo com metas do Progresso Pessoal para aprendermos mais sobre a Expiação e a Vida do Salvador. E dá pra começar a partir dessa Conferência Geral (por que não?).


Vamos lá:

* Faça Noites Familiares com o tema da Páscoa: No mês de abril, as noites familiares podem ser todas relacionadas a vida, sacrifício e ressurreição de Cristo. No livro de Ideias para Noites familiares (aquele antigo mesmo) tem lições para ocasiões especiais como esta.

* Faça refeições com o tema da Páscoa para sua família: Fazer refeições que nos lembrem esta ocasião. Vcs podem por exemplo fazer o jantar de páscoa do velho testamento (com pães asmos, folhas amargas, cordeiro, etc... fiz isso com os jovens ano passado e tem tudo aqui) ou mesmo ovos de páscoa em casa (lembrando que os ovos tem um significado de nascimento e vida tbém e deixar isso bem claro para o foco se manter em Cristo). Colombas pascais tbém é mais uma ideia de a família fazer junta!

* Escutem músicas relacionadas a Páscoa: Hinos sobre o Salvador e outras músicas que falam sobre Cristo são muito inspiradoras, por exemplo "O Messias" de Handel. Vocês podem ouvir no carro, no radio em casa e claro... nos Ipod's, Iphone's e todos os dispositivos móveis possíveis.

* Assistam filmes sobre o Salvador: Há uma variedade de filmes sobre Cristo. Muitos deles vendidos no templo, e tbém se aplicam as Mormon Messages que podem ser vista inclusive no you tube. Nas aulas do Vem, Segue-me há várias sugestões tbém.

* Façam projetos de serviço: servirmos como Cristo nos aproxima Dele, sem dúvidas. Ajude seus vizinhos, idosos, crianças, amigos... observe o que pode ser feito e melhore o dia de alguém com o Espírito de Páscoa!

* Estude a Expiação de Cristo nas Escrituras: Façam um estudo diário sobre este tópico. Vocês podem usar recursos simples como o Sempre Fiéis, Princípios do Evangelho, Artigos da Liahona e claro... as obras padrão. Você pode ler as escrituras indicadas neste tópico do Guia de Estudos das Escrituras (GEE)... enfim... o importante é aprender ou relembrar um pouquinho a cada dia até a Páscoa.

* Faça o sacramento ser ainda mais especial: Sabemos que é um momento especial no domingo, mas faça um esforço ainda maior para fazer deste um momento único na semana. Pense em todos os eventos desde o nascimento de Cristo, em seu ministério... preste mais atenção no hino sacramental, ore à Deus e esteja mais preparado para sentir o Espírito ao renovar seus convênios até a páscoa.

* Use as redes sociais para falar da Páscoa: Compartilhe mensagens e as crenças do evangelho focado em Cristo na páscoa, através de imagens, citações e principalmente seu testemunho.

* Presenteie um amigo com um Livro de Mórmon: Ajuda ainda mais a tirar o mito de que mórmons não são cristãos, é uma das melhores épocas para presentear alguém com um Livro de Mórmon. 

* Vá ao templo: Não há melhor lugar para sentir Jesus Cristo do que no templo... lá aprendemos sobre o Plano de Salvação que tem Cristo como grande personagem para a salvação da humanidade... e claro, estando no templo tbém estamos servindo aos nossos antepassados.

* Presenteie familiares com algo relacionado a Cristo: ao invés de apenas coelhos e ovos de páscoa, que tal dar um livro, cd ou mesmo escrever seu testemunho ou pensamentos da conferência geral... enfim algo do coração e dar para seus familiares? Podemos lembrar que esta é a verdadeira páscoa!

* Escreva em seu diário: mesmo que você não tenha um, é uma excelente época para iniciar. Escreva seus sentimentos de gratidão pelo sacrifício de Cristo, pensamentos e sentimentos que você teve ao conhecer ele mais de perto pelas sugestões acima.... preserve seu testemunho e relato para você e sua posteridade!


sábado, 29 de março de 2014

Ideias e Recursos relacionados a Conferência Geral - Abril/2014

Estamos em clima de conferência, maravilha! Eu particularmente desde a semana passada, pois tivemos conferência de estaca... mas hoje teremos a inédita sessão especial para todas as mulheres acima de 8 anos, pela primeira vez, e semana que vem as sessões de sábado e domingo.


É sempre bom nos prepararmos para esta data especial, para estarmos bem atentos e com o Espírito, e assim tbém acho bom incentivarmos as jovens nessa ocasião. Já fiz algumas postagens sobre o tema e vcs podem rever ideias no marcador "conferência geral" na barra lateral esquerda, mas vão mais alguns recursos:

* Usar a mutual desta semana para ler e discutir o artigo da última conferência de outubro/13 "Conferência Geral - Fortalecer a Fé e o Testemunho" do Élder Robert D. Hales;

* Incetivar a leitura ou dar uma cópia do artigo da Liahona deste mês de Março/14 "Não deixe de atender o telefonema" é um artigo muito bom direcionado aos jovens para que possamos assistir todas as sessões, pois não sabemos em qual delas terá uma mensagem especial e específica para cada um de nós!

* Fazer uma meta do progresso pessoal com a conferência. Eu fiz uma sugestão aqui no ano passado, mas acho que vale se comprometer no antes, durante e depois ao se preparar com oração e estudo, assistir atentamente e fazer anotações de suas impressões e sentimentos e fazer uma meta de algo que aprendeu durante a conferência e tentar melhorar nisso até a próxima ocasião.

Que possamos todos nós aprender e aproveitar a conferência geral!

quarta-feira, 26 de março de 2014

Ideia para Mutual: Dinâmica sobre Fé (Seguidor e Guia)

Ontem fizemos uma mutual sobre fé com uma dinâmica sugerida no novo site de atividades da Igreja. Foi bem bacana e interessante, e tivemos ótimas considerações e perguntas até o fim da atividade.

Considerando que estamos no tema do mês de março sobre Expiação e Jesus Cristo, usamos a base de um dos esboço sobre "O que significa ter Fé em Jesus Cristo" e começamos a atividade lendo a primeira parte do tópico Fé no Sempre Fiéis (Pg 86). Este tópico fala que a fé é um princípio de ação e que ter fé em Jesus Cristo significa "Confiar Nele completamente".

Comentando a questão sobre confiança, fizemos a dinâmica "Seguidor e Guia"sugerida no site neste link:

https://www.lds.org/youth/activities/communication-and-relationships/leadership-skills/follower-and-guide?lang=por

Fiz um pequeno percurso com as próprias cadeiras da capela e um obstáculo no meio que deveria ser pulado. Formamos duplas com as jovens, e colocamos uma venda na que seria a seguidora, e para as guias, explicamos que elas deveriam, apenas falando, guiar as jovens vendadas para completar o percurso em segurança.




Foi bem interessante, algumas ficaram mais receosas, outras foram mais corajosas e confiaram totalmente na guia. No fim da experiência, fizemos algumas perguntas como:

- Como vocês se sentiram estando vendadas? Vocês sabiam o que teriam que percorrer? Sentiram-se seguras por ter alguém guiando vcs, mesmo sem saber o que teriam pela frente?
- Vocês guias sabiam exatamente o que aconteceria? Como puderam ajudar as seguidoras vendo todo o percurso?

Com isso, pudemos falar que o Pai Celestial sabe de todas as coisas, e por isso temos que ter fé em Seu Filho Jesus Cristo, porque mesmo sem  nós sabermos o que teremos futuramente em nossas vidas, ele sabe e pode nos ajudar e dar forças para encarar os desafios da vida.

Encerrarmos lendo mais uma parte na continuação do tópico fé do Sempre Fiéis, a parte "Viver pela Fé", e enfatizamos a última frase do parágrafo que diz "Mesmo quando o futuro parece incerto, nossa fé em Jesus Cristo pode dar-nos paz".

É uma mutual simples, mas divertida com um ótimo significado. Acho que a dinâmica tbém se encaixa muito bem quando se fala de Liderança (Líder e Liderado) e tbém sobre o Espírito Santo (quando Ele é um guia em nossa vida).

sexta-feira, 14 de março de 2014

Ideia para Mutual: Como recepcionar melhor novas moças

Quando alguém "novo" vem para nossa classe - isso inclui visitante, membros inativos, recém-conversos e inclusive moças que se mudam para uma outra ala -  sabemos que devemos fazer com que esta pessoa se sinta o mais confortável e bem-vinda possível. Mas... nem sempre as coisas são assim. Às vezes essa pessoa é julgada pela roupa, por seu histórico, etc. mesmo antes de ser conhecida (e atire a primeira pedra quem nunca fez isso) e às vezes é por puro desconhecimento dos jovens e/ou líderes do que fazer para receber alguém.



Como estamos passando por algumas situações dessas atualmente, decidimos fazer uma mutual com este tópico, para deixar preconceitos e a vergonha de lado e saber o que fazer de melhor para que qualquer moça que visite nossa classe se sinta feliz e com o desejo de sempre estar com a gente. A mutual foi da seguinte forma:

01. Debatemos as seguintes perguntas: "Você já foi em outra ala ou mesmo em uma classe diferente da escola?" / "Como você sentiu em um local em que você não conhecia ninguém ou quase ninguém?"

02. Lemos e comentamos trechos do discurso do Presidente Eyring "Verdadeiros Amigos" - https://www.lds.org/liahona/2002/07/12?lang=por - que explica a importância de sermos bons amigos no evangelho. Lemos uma citação e 4 aspectos selecionados:

É a promessa simples que fizemos nas águas do batismo de “(…) carregar os fardos uns dos outros (…)” 3 Isso é ser um amigo. Essas palavras do Presidente Hinckley instilam-me energia: “(…)Espero, oro, suplico a vocês, a cada um de vocês, a adotar cada novo membro da Igreja. Tornem-se seus amigos. Apeguem-se a eles”.

Em primeiro lugar, precisamos amá-los. É isso que o Salvador faz. Podemos fazê-lo com Ele e por Ele. Ele mostrou-nos o caminho em seu ministério mortal. Ensinou por preceito e exemplo que devemos amar Seus discípulos.

Segundo, precisamos ouvir aos membros novos com compreensão e empatia. Isso também exige dons espirituais, já que nossas experiências raramente poderão se comparar às deles. 

Terceiro, precisamos ser exemplos para o novo membro. Podemos banquetear-nos nas palavras de Deus. Podemos pedir e viver para merecer a companhia do Espírito Santo. Podemos ser obedientes devido à nossa fé em Jesus Cristo. E podemos tornar-nos exemplo de um discípulo que nasceu de novo por meio da Expiação. Isso acontecerá gradualmente. 

Quarto, precisamos prestar testemunho da verdade ao membro novo. Deve ser sincero e será melhor se for simples. Ajudará mais quando for sobre a realidade e a missão do Salvador, sobre o amor de nosso Pai Celestial e dos dons e da companhia do Espírito Santo.

03. Depois de conhecer estes 4 aspectos, lemos uma pequena sessão do livro "Ensino Não há Maior Chamado" entitulada "Ajudar os Membros Novos e Menos Ativos" - Pg. 37 - que fala como o professor e os alunos podem ajudar estas pessoas, baseada nos 3 conselhos do Presidente Hinckley de que todo membro precisa de um bom amigo, uma responsabilidade e ser nutrido pela palavra de Deus.

A página que usei tbém se encontra neste link:

04. Encerramos fazendo uma simulação de uma classe das moças de um domingo, sendo que uma das líderes representou uma nova moça que veio a Igreja. As meninas colocaram em prática o que aprenderam explicando conceitos, ajudando com o hinário, chamando para sentar-se próxima delas, conversando no fim da reunião e até pegar o contato do facebook para se conhecerem mais, foi bem bacana. 

A atividade foi finalizada com este vídeo, muito bacana, que mostra como a influência dos amigos pode trazer muitas pessoas para a Igreja.


Para quem quiser mais referências, tem um esboço do Vem, Segue-me de Dezembro que me ajudou a preparar a atividade:

quinta-feira, 6 de março de 2014

Ideia para Mutual: Administração da Igreja

Vcs já pensaram em como a Igreja é organizada e estruturada para atender diferentes necessidades em todo o mundo? Por isso, pesquisei algumas áreas e fizemos uma mutual para explicar um pouco sobre a Administração da Igreja, com o objetivo de mostrar aos jovens um pouco mais sobre como a Igreja é uma grande organização preocupada de tantas formas possíveis para o bem estar de muita gente.

Dividimos em 2 partes:

01. Organização da Liderança: Discutimos o tópico de Administração da Igreja no Sempre Fíéis e aprendemos como a Igreja é estruturada em sua liderança desde a Primeira Presidência até aos bispos (isso inclui setentas, presidentes de missão, presidentes de estaca, etc.) O material é o deste link:

https://www.lds.org/topics/church-administration?lang=por

02. Áreas de atuação: A segunda parte foi o que estes líderes chamados para servir são responsáveis e quais são algumas das áreas de atuação que a Igreja trabalha (são inúmeras, devem existir mais, porém pesquisei apenas algumas). Assim, mostrei alguns sites (alguns apenas estão inglês, mas dá pra mostrar bem) e quais recursos existem. Eis o material e um breve resumo:

Escritório da Igreja em Salt Lake City

Centros humanitários (Caridade/Projetos): A Igreja possui inúmeros programas de auxílio humanitário que, além dos nossos projetos mãos que ajudam por exemplo, que envolve lideranças e governos locais para realizar as ações voluntárias, oferece outros tipos de auxílio como treinamento para ressucitação neo-natal, doação de cadeiras de rodas, montagem e preparação de kits de alimentos e itens de necessidade básica para desastres naturais (incluindo a gestão do armazém para estocar os itens), entre outros.

http://www.lds.org/topics/humanitarian-service/center

Centros de visitantes e sítios históricos: A Igreja é bastante preocupada com a preservação de sua história, incluindo locais de importância histórica. Lá há muitas pessoas que trabalham na preservação, manutenção e como guia de locais importantes, como a Praça do Templo, Centros de Visitantes em Templos, o Bosque Sagrado, entre outros.
http://www.lds.org/locations/salt-lake-city-temple-square?lang=eng

Indústrias Deseret: A Deseret Industries é uma grande produção que a Igreja possui para o auxílio humanitário. Isso inclui arrecadação de roupas para higienização e venda por valores mais baixos ao público, e também transformação de itens que não estão em bom estado em cobertores, mantas, etc. Acredito que eles tbém produzem aquele alimento nutritivo para países com problemas de desnutrição.

Imprensa: Há muitos profissionais da Igreja que trabalham como fotógrafos, escritores, tradutores, transmissões e enfim... isso proporciona conhecimento das notícias e mensagens para todo o mundo.

http://www.saladeimprensamormon.org.br/

Emprego e Educação: O SRE já conhecido de muitos que procuram empregos ou querem oferecer vagas, assim há voluntários e responsáveis que ministram cursos e direcionam profissionalmente membros e não membros. Também há grande preocupação nos estudos onde a Igreja administra as oportunidades daqueles que utilizam o fundo perpétuo, além de Universidades da Igreja (como a BYU) e colégios para instrução de jovens da sociedade.


https://www.ldsjobs.org/ers/ct/?lang=por

Missões: Há tantas oportunidades missionárias que é muito legal saber no que as pessoas trabalham. Além das missões de tempo integral de proselitismo, há muitas oportunidades, especialmente para casais seniores, para ajudar ao redor do mundo. Do link abaixo, descobri algumas oportunidades para exemplificar.

- SEI;
- SRE;
- História da Família;
- Response Team (Feedback de Mensagens das Redes Sociais);
- Saúde (Médicos, Psicólogos, Dentistas, etc.);
- Centros Culturais (guias para tours de locais históricoss);
- Escritórios de Missão;
- Apresentações Culturais;
- Oficiantes para templos;
- Biblioteca da Igreja;
- Música;
- Marketing e Assuntos Públicos;
- Recursos Naturais (captação de petróleo, água e gás em áreas inacessíveis atualmente);
- Intérpretes;
- Veterinários;
- Manutenção de edifícios e carpintaria.

Achei super interessante e aprendi muito! Espero que vcs gostem!

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Ideia para mutual: Bolo missionário!

Pensando em como poderíamos envolver mais as jovens no trabalho missionário e/ou de reativação, tivemos a ideia de fazer uma mutual com propósito de obra missionária. Seria aniversário de uma de nossas moças inativas e decidimos então fazer na mutual um bolo para entregar para ela.

Decidimos fazer um bolo com coco, que sabíamos que ela gostava bastante, então bolo foi de chocolate, com recheio de beijinho, cobertura de brigadeiro com coco ralado por cima e bis para a lateral. Eis o resultado (maravilhoso, não acham?)



Único porém: vcs vão ficar com vontade de comer bolo tbém, rsrsrs... se puderem fazer 2, aí fica melhor.

Entregamos o bolo no dia seguinte, e nossa presidente de classes foi junto comigo levar o presente... foi bem bacana ver o envolvimento de todas, fazer a mutual com um propósito especial, além de mutuais culinárias serem deliciosas! Que tal fazer um bolo de aniversário para uma ocasião assim?

Fica a dica!